quinta-feira, novembro 15, 2007

07 Anos de Armazém da Viola e 07 Anos de Encontro de Raízes

Nos dias 14 e 15 de Novembro (4ªF e 5ªF, respectivamente), se comemorou o aniversário de 07 anos do excepcional projeto cultural ARMAZÉM DA VIOLA, idealizado e apresentado pelo ator Ademar Pinto Coelho, sob a produção de Marilda Lyra e patrocínio da Usiminas - sempre presente e atuante.



Para festejar esse momento, o espetáculo "Encontro de Raízes" - de Pena Branca e Chico Lobo que também comemoram 07 anos de ótima parceria, nesse mês de Novembro. O Centro Cultural Usiminas, localizado dentro do shopping Vale do Aço em Ipatinga, lotou na quarta-feira e super lotou os 700 lugares de baixo até em cima (onde é o balcão), do teatro na quinta-feira.

No repertório desfilaram pérolas do cancioneiro popular, como "Cuitelinho", "Cálix Bento", além de "Cio da Terra" e músicas dos seus mais recentes CDs como: Reza de Folia, "Batuque de Viola", "No Braço Dessa Viola"- de autorias de Chico Lobo -, além de "Casa Amarela", "Janela da Fazenda" de Pena Branca.

O show levou o público a cantar, rir e participar de toda apresentação que durou por volta de 1h50minutos onde houve uma interação muito feliz entre os artistas e o grande ator Ademar que faz o papel de dono de uma venda, "o Armazém da Viola" que no fim do espetáculo proporciona sempre um "cocktail" bem mineiro, com direito à canjiquinha, bolos, rapadura, queijos, salame, cachaça, sucos...enfim: "se continuar assim, segundo Ademar, esse Armazém vai virar Hipermercado!"
Vida longa então para esse projeto que abre espaço ao público, para que ele possa apreciar a beleza da música brasileira, para os brasileiros!
A propósito, sábado estamos na estrada novamente para levar boa música regional a cidade de Poços de Caldas, dentro do projeto do SESC, o "Causos e Violas das Gerais" que será apresentado em Praça Pública. Sinta-se convidado e avise aos amigos. Até lá.

Um comentário:

Alex disse...

Caro Chico Lobo. Fui ao show na quarta, no Armazém da Viola. A apresentação foi impagável. Só nos resta mesmo a lembrança de um espetáculo maravilhoso. Ver duas gerações de música de raiz no palco nos conforta, pois nos dá a certeza de que o trabalho continua. Parabens.

Alex Ferreira
alexferreira25@yahoo.com.br